Uma barata! Mata… Mata!

This is my new bloog !!!


Concordo que é um tanto desagradável acordar no meio da madrugada com aquela vontade de esvaziar a bexiga e topar com uma baratona no banheiro, ter que matá-la, se livrar do cadáver e limpar aquela meleca branca que saiu dela depois que você a esmagou com o rodo.

É também socialmente convencionado que as baratas são nojentas. Você é obrigado a detestar as baratas e ter como uma de suas metas pessoais de vida eliminar essa espécie da face da terra. E por causa de tão nobre ideal humano, um entre muitos outros nobres ideais humanos, e diante do avanço da magnífica indústria química o ser humano criou um instrumento super poderoso pra eliminar da face da terra esse animal imundo que é a barata: O inseticida.

Só tem o detalhezinho de que ele não funciona imediatamente, lembro-me quando era criança e as pessoas de casa ficavam correndo atrás das baratas com a latinha de inseticida da mão, borrifando veneno nas baratas. Elas não morriam imediatamente após o contato com o produto, tinham ainda uns minutinhos de vida que lhes davam a chance de sair correndo e se esconderem sob algum móvel pra morrer lá e deixarem a dúvida a respeito de sua morte, na tentativa de eliminar tal dúvida dava-se uma última borrifada de inseticida atrás do móvel e todo mundo ia dormir ainda com a sensação de que ia acordar com o maldito inseto dentro da boca.

Três coisas não muito úteis que se faz ao usar inseticida

Essa é a nossa cultura em relação ás baratas, imbecíl e manipulada pela indústria, não percebemos que ao jogar veneno na casa toda estamos na verdade fazendo algumas coisas que não gostaríamos que ninguém fizesse.

1-   Você está contribuindo com a seleção das baratas e criando seres ininvenenáveis. Ao acaso os seres vivos têm pequenas diferenças que os tornam únicos e isso não é novidade pra ninguém, basta você se comparar com alguém e perceber as diferenças. Alguns são mais orelhudos, alguns mais barbudos, alguns mais resistentes a venenos etc. Com as baratas é a mesma coisa, ao acaso surgem baratas resistentes aos venenos. Até então problema nenhum, são duas resistentes em um bilhão, mas quando você sai por aí borrifando veneno á torto e á direito você mata as novecentas e noventa e nove mil novecentas e noventa e oito e sobram as duas resistentes o que te se ferra, só elas terão filhos que terão maior chance de ser resistente, quanto mais veneno mais resistentes as baratas.

2-   A indústria química fica feliz com baratas super resistentes, elas fazem a economia rodar e o país crescer.Ao criar baratas resistentes á um determinado tipo de veneno a indústria tem que criar outro tipo de veneno, pra isso ela contrata um monte de gente inteligente que cria o novo inseticida e te convence que ele é ótimo, mata mesmo e de que você precisa dele. Aí você vai ao mercado compra o veneno, cria baratas resistentes, e depois compra o outro veneno criado pela indústria e todo o ciclo começa de novo. Você pra sempre gastando dinheiro com veneno, a indústria sempre ganhando grana em cima de você e as baratas lá, enchendo o saco e se tornando cada vez mais resistentes.

3-   Envenenando sua família. Inseticida é veneno, tipo de substância criada especialmente pra matar barata, que é animal assim como eu e você. Se mata barata provavelmente pode te matar também. Ficar jogando veneno pra matar barata é idiota também pelo fato de que você acaba por envenenar sua própria casa, mas não elimina completamente as baratas

As baratas invadem sua casa por que lá elas encontram algo que gostam muito: COMIDA

A natureza é regulada de forma a se aproveitar ao máximo todo tipo de recurso. O que pra alguns seres é refugo pra outros é matéria-prima. Essa é a resposta, seu lixo é o responsável pelo aparecimento de baratas na sua casa. Pra nos livrarmos delas temos que produzir menos lixo, dar um destino para o lixo que produzimos, reciclando o que é reciclável e compostando o resto, pra que toda a matéria possa voltar aos ciclos biogeoquímicos e pra que a natureza funcione como tem que funcionar.

Conclusão – as baratas vivem nas cidades como comensais dos seres humanos, pra evitar sua presença a solução é limpeza, não veneno !!

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: